Geomarketing para empresas

GEOMARKETING

holograma globo e tablet.jpg

O que é Geomarketing?

Geomarketing é uma poderosa abordagem de Marketing para entender, enxergar, planejar e atuar no mercado através de inteligência geográfica e estratégia mercadológica. Com o Geomarketing e Big Data sua empresa pode obter soluções para problemas complexos ou difusos com rapidez, redução de riscos e aumento de rentabilidade.

  • Qual o potencial de vendas de minha loja?

  • Qual o mix ideal de produtos/serviços a oferecer?

  • Qual a melhor estrutura comercial para atender à demanda potencial  de meu mercado?

  • Quais materiais de merchandising devo usar para maximizar resultados?

  • Onde e quantas amostras grátis devo distribuir?​

Independente da presença da geografia ou espaço em perguntas de negócios, as respostas que levam em consideração essa variável permitem enxergar novas oportunidades, padrões e tendências.

A Quem se Destina

Com a localização e visualização de dados mercadológicos em mapas, pequenas, médias e grandes corporações, de diversos segmentos, como varejo, serviços e indústrias, B2C e B2B, conseguem tomar melhores decisões e aprofundar o entendimento de seus clientes e mercados.

 

Departamentos com potencial para uso de geomarketing:

  • Inteligência de Mercado e Inteligência Competitiva

  • Planejamento, Estratégia e Negócios

  • Vendas

  • Expansão

  • Marketing

  • Trade Marketing

geomarketing para vender mais

Benefícios Esperados

O uso de Geomarketing proporciona vantagens competitivas e maior assertividade em análises aplicadas em estados, cidades, bairros, ruas, pontos comerciais e leads. 

Suporta a tomada de decisão e aprimora sua operação ao visualizar a dinâmica de consumo no território, ajudando  em processos de eficiência, planejamento, comunicação, promoções, vendas e distribuição. 

 

Alguns exemplos:

Estrutura moderna
  • Estruturar processos de expansão mais eficientes

  • Mapear oportunidades ainda não exploradas

  • Suportar processos de M&A (Merge & Aquisition)

  • Definir metas mais alinhadas ao potencial efetivo de vendas

  • Melhorar a gestão comercial e adequar o esforço da força de vendas

  • Definir territórios e canais de distribuição mais otimizados

  • Melhor gerenciamento do relacionamento com clientes e geração de Leads

  • Otimizar investimentos em estrutura de vendas (m2 de vendas, estoque e mix de produtos)

  • Incrementar índices de conversão e retenção em ações de Trade e Merchandising

  • Melhorar a integração omni-channel (lojas físicas, virtuais e consumidores) e gestão de estoques